Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]
6 conselhos para não se ferir demais vivendo em um namoro iô-iô | Assuntos de Mulher | Dicas, Truques , Cabelos e Maquiagens
Clique no X para fechar!

6 conselhos para não se ferir demais vivendo em um namoro iô-iô





 6 conselhos para não se ferir demais vivendo em um namoro iô iô
South_agency/iStock

Quem já viveu ou vive um relacionamento iô-iô, aquele que termina e recomeça o tempo todo, sabe como a situação é desgastante e, muitas vezes, dolorida.

Pessoas que brigam e voltam várias vezes com o par podem ter questões mal-resolvidas com o outro ou consigo mesmo. Imaturidade, medo de se comprometer, falta de confiança na relação ou dificuldades práticas de estar junto são alguns dos motivos que levam o casal a viver este tipo de relacionamento.

Voltar com o ex-namorado ou namorada não é, necessariamente, um problema. ém, quando isso acontece com certa frequência, é preciso ter cuidado para não se machucar ou machucar o outro.


Terminar e voltar toda hora: dicas

Antes de reatar

1 – Analise se a pessoa que você vê é real ou existe só na sua cabeça


 6 conselhos para não se ferir demais vivendo em um namoro iô iô
skynesher/iStock

Geralmente, relacionamentos afetivos que têm idas e voltas são caracterizados por pessoas com perfis específicos. Segundo conta a terapeuta de casais Tatiana Leite, pessoas que colocam muitas expectativas no relacionamento (tanto homens quanto mulheres) costumam viver em relações que acabam e voltam com certa frequência.

“A pessoa acredita na mudança do parceiro, que da próxima vez será diferente, que houve uma mudança drástica. Mas ninguém muda só por conta de uma relação”, aponta a especialista.

Ela conta ainda que é comum ver relacionamentos assim quando uma das partes tem uma expectativa elevada e acaba cobrando muito do outro. E, por consequência, a outra parte acaba não aguentando e vez ou outra termina ou cede e volta o namoro.

Neste caso, é importante analisar a relação com frieza e tentar determinar se você está iludido ou se realmente há chances de sucesso.

2 – Pense bem: é amor ou apego?


 6 conselhos para não se ferir demais vivendo em um namoro iô iô
Evgeny Atamanenko/Shutterstuck

A terapeuta de casais Tatiana Leite diz que há uma série de perguntas que ambas as partes precisam fazer quando pensam em reatar um relacionamento. A primeira delas é sobre o impacto dessa relação na vida como um todo.

Há alguns sinais que mostram, por exemplo, o que é apego, segundo conta Tatiana. “É o caso de quem não consegue fazer passeios sozinho, tem necessidade de estar sempre junto dessa pessoa. E até mesmo acaba prejudicando a liberdade dela, pois tem ciúmes, tem uma espécie de obsessão exagerada sobre aquela pessoa”, diz a terapeuta.

“Por isso, se pergunte: ‘O que eu realmente espero dessa relação? Será que ela é saudável? Será que eu fico feliz ao lado dessa pessoa?’”, aconselha a especialista.

Portanto, quando há nesse namoro sentimentos como insegurança, ciúmes exagro, baixa estima, ansiedade é hora de ligar o sinal de alerta e se questionar sobre a saudabilidade da relação.


Ao reatar o namoro

3 – Deixe o passado para trás


6 conselhos para não se ferir demais vivendo em um namoro iô,
ferir demais vivendo em um namoro iô iô" title="6 conselhos para não se ferir demais vivendo em um namoro iô iô" />
Cecilie_Arcurs / iStock

A terapeuta de casais comenta que antes de reatar um namoro é preciso que ambas as partes pensem muito bem sobre essa escolha. E que, antes de mais nada, é preciso o casal ter uma conversa franca sobre o que motivou a separação, se ainda existem mágoas, como se sentiram durante o tempo longe e o que pretendem como casal para o futuro.

“O ponto mais importante é, quando decidirem dar uma segunda chance, esquecer o passado e virar a página de uma vez por todas. É como se fosse um novo namoro, uma outra relação”, comenta a especialista.

4 – Preserve o início da relação


 6 conselhos para não se ferir demais vivendo em um namoro iô iô
Daniel_Dash/Shutterstock

É claro que cada casal lida com o retorno do jeito que preferir, porém, é preciso ter cautela com relação às expectativas sobre o retorno do namoro. Isso vale tanto para si, quanto para familiares e amigos, que podem acabar depositando muita energia na relação de vocês e acabar os pressionando.

5 – Não acredite em contos de fadas


 6 conselhos para não se ferir demais vivendo em um namoro iô iô
PeopleImages/istock

“O relacionamento romântico criou uma fantasia de que com o amor podemos mudar o outro,, mas isso não acontece e gera muita frustração”, comenta Tatiana.

A especialista fala ainda sobre a importância de saber lidar com frustrações dentro dos relacionamentos e mediar isso ao longo do tempo, pois a geração atual tem dificuldade em superar obstáculos dentro do namoro e, por isso, costuma desistir de seus laços afetivos.

Isso significa que é preciso ter noção de que relacionamentos reais têm problemas e nem sempre são só flores.

6 – Reflita se não é o momento de deixar partir


 6 conselhos para não se ferir demais vivendo em um namoro iô iô
Antonio Guillem/Shutterstock

Tatiana Leite conta que há casais que muitas vezes se gostam e nutrem um carinho pelo outro, porém, estão vivendo em fases diferentes da vida. “Um está começando os estudos e o outro quer investir no trabalho. Ou então um quer curtir baladas e o outro prefere viajar o mundo, e assim por diante”, comenta a especialista.

Por vezes, é preciso refletir se o carinho que se nutre por alguém não está impedindo você de seguir em frente com sua vida e tocar seus projetos, conhecer pessoas novas ou até mesmo se abrir para um novo amor.


Dicas de relacionamentos amorosos

Fonte: VIX



Tags:, ,


Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>