Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]
Autora de exposição polêmica, Alexandra Loras diz que “democracia racial aqui é uma farsa” | Assuntos de Mulher | Dicas, Truques , Cabelos e Maquiagens

Autora de exposição polêmica, Alexandra Loras diz que “democracia racial aqui é uma farsa”





ca819  24125439 718710668336631 3312504161379024896 n Autora de exposição polêmica, Alexandra Loras diz que “democracia racial aqui é uma farsa”

Exposição de Alexandra Loras causou polêmica ao retratar brancos com a pele escurecida

Será aberta neste sábado (2) a exposição a ‘Pourquoi pas?’, na galeria Rabieh, em São Paulo, em que Alexandra Loras, ex-consulesa da França, reúne retratos de 40 personalidades brancas, que tiveram seus tons de pele escurecidos por meio de manipulação digital e ganharam traços afrodescendentes. Antes mesmo da abertura, a mostra virou alvo de protestos, sendo acusada de “black face”, prática adotada no século 19, em que atores brancos se pintavam com carvão para representar personagens negros, de forma jocosa.

Alexandra, que se auto define como ARTvista, a acusação não procede. “O propósito é enxergar o outro ao inverso, é propor a empatia, para que se coloquem no lugar do outro”, diz.  Ela afirma que respeita as opiniões e que o debate é positivo. “Estou incentivando uma reflexão sobre um país, de 54% da população é de negros , que não têm igualdade. A democracia racial aqui é uma farsa”, avalia.

Com histórico de luta contra o racismo, Alexandra Loras é idealizadora também do grupo Negras Empoderadas, que completa 2 anos de atuação e fará um evento nesta segunda-feira (4) para comemorar. Ela garante que tem lugar de voz, ainda que admita que, como uma mulher negra francesa, nunca saberá exatamente o que é uma mulher negra brasileira.  “O Brasil me acolheu e me deu espaço de fala, como consulesa da frança. Eu penso  que é meu dever provocar o debate e meu caminho é o artivismo – o ativismo pela arte.”

Nas redes sociais, a reação às obras foi muito ruim. Para muitos, ao retratar personagens “pintados de preto” a exposição apenas se apropria do discurso racial...

e desmerece os negros. “O debate já é uma vitória”, acredita a autora.  “Existe um aparthaith no Brasil, levantar essas questões pode ajudar a revelar o genocídio da população negra, são  590  mortos a cada dia no País, 30 deles são crianças.  Morreram mais negros no Brasil em 10 anos do que na guerra do Vietnã”, explica.

A exposição tem curadoria do grafiteiro Enivo, além das obras contarem com a intervenções do grafiteiro M.I.A. nas fotografias. Entre as pessoas representadas estão Dilma, Temer, Silvio Santos, Madonna, Gisele Bündchen, Regina Casé, Ana Maria , Fátima Bernardes, Rainha Elizabeth II, João dória Jr, entre outros. Para o curador, a exposição se propões a questionar o protagonismo do negro na história.  “Será que faríamos os mesmos comentários preconceituosos? Teríamos as mesmas uras? Tomaríamos as mesmas decisões? Trataríamos os diferentes da mesma forma?”, pergunta.

Após a repercussão negativa, Alexandra Loras usou seu Instagram para se posicionar. “Sabíamos que esta exposição poderia incomodar. Mas a arte seria ainda arte se ela fizesse unanimidade e não causasse debate?  Uma das funções da arte não é ter um impacto na sociedade, questionando algumas regras sociais, e quebrando os códigos atuais?  Com o nosso titulo “Pourquoi pas?” nós obviamente não pretendemos mudar o curso da arte no século XXI. Como já dissemos, a nossa intenção é de estimular o debate e o questionamento na nossa sociedade atual. consequência, respeitaremos todas as opiniões que foram ou serão formuladas, por mais duras que sejam. Algumas criticas vêm até das grandes figuras da comunidade negra por quem temos respeito e admiração. Esses pontos de vista nutrem esse debate que consideramos indispensável e saudável.  Referente a critica de fazer “black face” nesta exposição, achamos que se tiver blackface, não está nos retratos dessas celebridades brancas com pele negra, mas muito mais no olhar de uma parte da sociedade, que vê nestes retratos primeiramente (ou unicamente) a cor negra ou ainda pior uma caricatura de negro. Algumas reações abrasivas sugerem que os brancos não são os únicos em questão.”

http://r7.com/wvQl

&nbsp
&nbsp

The Autora de exposição polêmica, Alexandra Loras diz que #8220;democracia racial aqui é uma farsa” Blog da DB.

Fonte: Blog da DB





Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>