Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]
Cientistas “encontraram” a matéria escura e fizeram o mapa mais completo até hoje | Assuntos de Mulher | Dicas, Truques , Cabelos e Maquiagens

Cientistas “encontraram” a matéria escura e fizeram o mapa mais completo até hoje





 Cientistas “encontraram” a matéria escura e fizeram o mapa mais completo até hoje

Um novo estudo recentemente divulgado conseguiu identificar um dos maiores mistérios do universo: a matéria escura. Mais do que isso, a pesquisa analisou imagens de 26 bilhões de galáxias e conseguiu mapear de ela está localizada.


Mapa da matéria escura

Matéria escura é o que faz ser possível as galáxias existirem. Quando calculamos por que o Universo é estruturado como é, rapidamente se torna claro que não existe matéria normal necessária para formá-lo.

A gravidade da matéria visível não é forte o suficiente para formar galáxias e estruturas complexas. As estrelas provavelmente se espalhariam por todo lugar e não formariam galáxias.

Então sabemos que existe algo dentro e em volta delas, algo que não emite ou reflete luz – a matéria escura. Ela é considerada uma teia que conecta o Universo, invisível e que não pode ser medida.

Os autores do mapa da matéria escura fazem parte da equipe do Dark Energy Survey (DES), uma iniciativa que envolve 400 cientistas de 26 instituições de sete países diferentes trabalhando em conjunto.

Segundo o oficial do projeto, o objetivo é “mapear milhões de galáxias, detectar centenas de supernovas e encontrar padrões de estrutura cósmica que revelem a natureza da misteriosa energia escura que está acelerando a expansão do nosso Universo”.


Importância de mapear a matéria escura

O esforço resultou no mapa mais preciso já produzido sobre matéria escura. A importância do material é ajudar a comunidade científica a entender o que é e como é formada essa estrutura cósmica. Basicamente, a matéria escura é o material que “liga” as galáxias entre si.

Usando e super telescópio Blanco, instalado no Chile, a equipe do DES fotografou o grande número de galáxias. Mas para isso, uma câmera especial teve de se construída antes. Um dos equipamentos mais sensíveis já feitos, com 570 megapixels, ele consegue detectar a luz de...

galáxias a oito milhões de ano luz de distância da Terra.

 Cientistas “encontraram” a matéria escura e fizeram o mapa mais completo até hoje


Como a super câmera enxergou a matéria escura

Embora seja algo predominante no universo, a matéria escura é invisível e não pode ser detectada. ém, é algo que interfere na gravidade ao redor e distorce a luz em volta.

Essa distorção foi estudada e calculada pelos pesquisadores e isso tornou a produção do mapa possível. Esses resultados são fruto de apenas um ano de trabalho, que ao todo irá durar quatro anos. No fim, a esperança é que uma boa parte do universo conhecido esteja mapeada.

Todo o esforço quer que esses mapas consigam dar sugestões sobre como a matéria escura funciona e nos ajudar a entender melhor o universo. Junto com outro misterioso fenômeno galático, a energia escura, a matéria escura deve representar cerca de 96% de tudo que existe no universo.

 Cientistas “encontraram” a matéria escura e fizeram o mapa mais completo até hoje


Mais sobre o universo

  • Eis a primeira imagem capturada da matéria escura
  • Sinal misterioso: astrônomos detectam indício de ETs em outra galáxia
  • Oceano fora da Terra: Nasa descobre “ingrediente da vida” no Universo

Fonte: Vix





Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>