Artigos,

5 exercícios para ter uma vida mais feliz

Não é provável ter a vida mais feliz do mundo, todo o tempo. Mas existem alguns segredos que podem ajuda-lo nesta procura. A coaching e criadora do programa Escolha Sua Vida, Paula Abreu ensina que é provável ter uma vida mais feliz no cá e no agora, independentemente da intervalo em que nos encontramos dos nossos sonhos. “Meu propósito de vida é ajudar as pessoas a encontrarem aquilo que amam, mas sei que é provável ser feliz e encarar a vida com mais alegria ao longo da jornada, que começa exatamente agora”, conta. isso, a profissional elaborou uma lista com cinco exercícios básicos (e simples) para você praticar a felicidade a qualquer hora. Pratique.

LEIA MAIS

>>> Manobra produz “felicidade” mais perene que doces

>>> 7 motivos pelos quais devemos fazer amigos

Veja 5 exercícios necessários para ter uma vida mais feliz:

#1 Escolha sua vida todos os dias

Paula Abreu explica que tudo o que vivemos e temos é revérbero daquilo que atraímos do universo e por isso é provável mudar a vida a partir de agora, simplesmente ao modificar alguns pensamentos. “Existem algumas crenças que nos impedem de seguir adiante, por isso precisamos compreender que todos os dias temos uma segunda chance de fazer novas escolhas e deixar para trás pensamentos negativos”, conta. Segundo a escritora, quando alguém afirma que acredita em um pouco ou diz possuir as habilidades para uma determinada tarefa, ela já é capaz de romper com suas crenças limitantes. “Você pode escolher o que vai fazer doravante, ou seja, escolher a sua vida, todos os dias”.

>>> A felicidade “ressurge” aos 50 anos, diz estudo

#2 Proteja sua liberdade criativa

“Secção de ser criativo é aprender porquê proteger a sua liberdade”. Paula Abreu conta que, quando se faz o que se governanta, é necessário ser criativo, e por isso é importante prometer que não haverá limitações para a sua geração em caso de imprevistos. A escritora exemplifica com sua própria experiência, afirmando que vive uma vida mais barata do que aquilo que poderia remunerar, para que assim possa manifestar “não” quando for necessário, ou para que possa tirar dias de folga quando sentir premência. “Algumas coisas que você compra, e que vão exigir muito tempo ou servir somente para motivos egoístas, podem simbolizar a sua originalidade se perdendo”, destaca a coach, que também ensina que cada um tem diferentes fatores que atrapalham a originalidade, e devem encontrar uma forma de vencê-los. Tarefas inúteis que ocupam muito tempo podem ser grandes matadoras da liberdade criativa.

#3 Ame a si mesmo

A coach ensina que o trabalho que nascemos para fazer, ou seja, o trabalho com propósito, é criado a partir do paixão próprio. Paula destaca que há muitas pessoas que realizam trabalhos ou atividades com base naquilo que os outros querem. É neste ponto que se faz necessário trabalhar a autoestima e o paixão por si mesmo. “Se você se importa com as críticas alheias, procura aprazer aos outros, se sente desconfortável com elogios ou sente pânico de desafios, é importante você colocar sua atenção na autoestima, para que possa encontrar ou fabricar o verdadeiro trabalho da sua vida”, explica. E ainda destaca que é preciso se enxergar porquê alguém bom o bastante para merecer o que procura realizar. “Quem não se governanta não acredita que merece depreender os sonhos, e por consequência, não vai conseguir alcançá-los”, ensina.

>>> Mulheres com autoestima elevada são mais produtivas e felizes, apontam especialistas

#4 Admire a paisagem

A jornada rumo à vida dos sonhos é sempre uma jornada muito longa. A escritora compara esta jornada a uma trilha. “É evidente que sempre haverá cocô de vaca, buracos, pedregulhos e limo, mas se caminharmos exclusivamente olhando para ordinário, preocupados com os obstáculos, deixamos de olhar para cima e perdemos o contato e o prazer de ver a despensa das árvores, o firmamento azul, o sol entre as nuvens”, explica. tanto, o sigilo é reputar a formosura do caminho que está sendo traçado. “Enquanto você pratica todas as ações que entende serem necessárias para realizar os seus desejos, não se esqueça também de estar presente no agora”. Paula reforça que a jornada deverá ser, no horizonte, uma bela memorial.

#5 Pratique a gratidão

Porquê o momento mais importante é o agora, porque é somente nele que é provável agir, Paula destaca que também é importante ser grato por leste momento, que recebe o profíquo nome de presente. “Não importa o que está acontecendo na sua vida hoje. Acredite: você está no lugar patente, por mais que ele pareça muito inexacto”, conta. E quando se percebe isso, é procedente se sentir grato por estar de se está. “A gratidão pelo momento presente é o sigilo. Admitir e estar em silêncio com o agora é o sigilo”, conclui.

>>> 10 dicas para ensinar as crianças a terem gratidão

O 5 exercícios para ter uma vida mais feliz em Viver Muito.

Manadeira: Viver Bem

Sem Comentarios