Artigos,

*Desabafa: como lidar com assédio masculino?

Pense bem: quantas vezes você não atravessou uma rua para evitar um grupo de homens, porque sabia que iam mexer com você? Ou deu a volta na quadra para evitar passar na frente de um bar ou de uma obra e não ter que lidar com olhares ou assédio masculino? Ou já teve que ouvir desaforos de um cara na balada porque você conversou numa boa, mas depois resolveu voltar a dançar com as amigas?

Outro dia mesmo vi um vídeo de uma garota norte-americana que resolveu fazer um experimento sobre isso: ela resolveu se filmar enquanto andava pelas ruas de Nova York justamente para mostrar o assédio masculino e o resultado foi assustador – dez horas, mais de cem homens a assediaram verbalmente. E nessa conta nem entram os assobios e piscadas, viu? Ou seja, esse é um problema que mexe com todas nós, independente de de vivemos – estamos todas juntas nesse barco. Não gostamos dessa situação, mas como mudá-la?

Sei muito bem (e acredito que vocês também) que temos os mesmos direitos de ir e vir que qualquer homem, mas às vezes não vale a pena se estressar ou se incomodar, e é por isso que às vezes também atravesso a rua mesmo sabendo que não deveria. É uma questão complexa, mas que merece ser discutida para que nossas filhas e netas vivam mais livremente. Sem medo.

Esse é mais um dos temas que Carefree propõe para a gente discutir na campanha Desabafa Entre Amigas, uma websérie criada justamente para por debate vários assuntos como esse do . A marca acredita que é mais fácil a gente superar nossas inseguranças juntas, debatendo e discutindo assuntos que são parte do nosso dia a dia, ou vai dizer que você não se sente melhor quando desabafa e ouve resposta um “eu tambéééém!’. Parece até que o problema diminui, né?

E vocês, o que pensam do assunto?

O texto acima foi extraído do de . Acesse o no
*Desabafa: como lidar com assédio masculino?


Fonte: Coisas De – Resenhas de cosméticos, maquiagem, truques de beleza e um toque de moda. Um de Curitiba!

Sem Comentarios