Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

Artigos,

Masturbação feminina: descobrindo o prazer na quarentena

Carolina Ambrogini, ginecologista especializada em sexualidade humana e coordenadora do Projeto Afrodite, da Unifesp


Para quem está de quarentena, a siririca pode ser uma aliada, tanto para amenizar o estresse de viver em meio a uma pandemia quanto para descobrir novas formas de sentir prazer. É o que defende Carolina Ambrogini, ginecologista e coordenadora do Projeto Afrodite, da Unifesp, que oferece atividades gratuitas sobre sexualidade feminina. “A masturbação é sempre boa. Além de liberar endorfinas, ajudar a relaxar, a dormir melhor e facilita o processo de criar fantasias eróticas”, diz ela.


Carolina Ambrogini, ginecologista especializada em sexualidade humana e coordenadora do Projeto Afrodite, da Unifesp